Esfoliação facial: como esfoliar corretamente a pele do rosto

A esfoliação, ou seja, a remoção de células cutâneas mortas, ou seja, o peeling facial, é um passo muito importante para a rotina de beleza. Se não pode mimar a pele com cuidados profissionais num salão de beleza, experimente a esfoliação no conforto do seu lar! Há 3 tipos básicos da esfoliação facial: mecânica, química e enzimática. Qual é o tipo mais adequado para si e com que frequência pode esfoliar a pele?

Qual é a vantagem de esfoliar a pele do rosto?

  • Há muitas razões: a esfoliação limpa a pele, remove o excesso de sebo, impede a obstrução dos poros e a formação de acne.
  • Remove as células cutâneas mortas que se acumulam na pele e mantém-na saudável e iluminada.
  • Acelera a regeneração da pele e a formação de novas células cutâneas, alisa e ilumina a pele.
  • Permite que a pele respire mais facilmente e absorva as substâncias ativas de séruns, máscaras e cremes faciais.
  • Melhora a circulação sanguínea, estimula a produção de colagénio, rejuvenesce a pele e previne o aparecimento de rugas.

Esfoliantes enzimáticos faciais

Procura um esfoliante suave? Opte por um esfoliante enzimático! A esfoliação enzimática é perfeita para pele sensível e a mais adequada para a pele seca. Contém enzimas naturais de ácidos de frutas (por exemplo, de papaia ou ananás) que estimulam a esfoliação natural. Além de encontrar e eliminar as células cutâneas mortas, as enzimas hidratam e limpam a pele. Os efeitos são visíveis após a primeira utilização.

Efeitos da esfoliação enzimática:

  • Alisa linhas finas.
  • Melhora a estrutura e o tom da pele.
  • Ajuda a minimizar cicatrizes.
  • Atenua os sintomas da pele seca.
  • É ótima para esfoliar a pele acneica e problemática.

texto completo ocultar texto

O tipo de pele adequado para a esfoliação enzimática

Em geral, a esfoliação enzimática é adequada para todos os tipos de pele, porém, é necessário ler as recomendações específicas do fabricante do esfoliante. Se tem pele com varizes, pontos negros ou se a pele tem tendência para ficar vermelha ou muito seca, é o melhor tipo de esfoliação para si. Além disso, recomenda-se também para as mulheres com pele madura após a menopausa.

 

Como utilizar a esfoliação enzimática facial

  1. Aplique um esfoliante enzimático no máximo 2 vezes por semana (ou siga as recomendações indicadas na embalagem). Utilize sempre na pele limpa, desmaquilhada e seca.
  2. Deite uma quantidade pequena do produto na palma da mão e espalhe no rosto com as pontas dos dedos. Deixe atuar durante o tempo indicado.
  3. Em seguida, lave com água morna e aplique os seguintes cuidados.

Esfoliantes químicos faciais

A esfoliação química consiste na remoção da camada de células cutâneas velhas. O esfoliante contém os ácidos de frutas AHA e BHA que iniciam a regeneração profunda e o rejuvenescimento da pele. A esfoliação química caseira é mais suave do que a esfoliação efetuada num salão de beleza e os efeitos aparecem pouco a pouco, o que ajuda a prevenir a pele seca, vermelhidão ou crostas.

Efeitos da esfoliação química:

  • Rejuvenesce a pele, reduz as rugas finas e as manchas de pigmentação.
  • Promove o processo de renovação cutânea.
  • Uniformiza a textura da pele, alisando-a.
  • Fecha os poros dilatados.
  • Atua contra a acne e pontos negros.

texto completo ocultar texto

Tipo de pele adequado para a esfoliação química

A esfoliação química é adequada para pele oleosa e acneica e, pelo contrário, não é recomendada para quem tem pele seca e muito sensível. Melhora o aspeto da pele flácida e combate com eficácia rugas finas, poros dilatados, cicatrizes causadas pela acne e pigmentação.

 

Como utilizar a esfoliação química

Utilize sempre de acordo com as indicações fornecidas pelo fabricante. Aplique uma pequena quantidade do esfoliante diretamente na pele limpa, desmaquilhada e seca. Deixe atuar durante alguns minutos e, em seguida, enxague. Após a esfoliação, aplique um cuidado facial de qualidade e um protetor solar.

Esfoliantes mecânicos faciais

Os esfoliantes mecânicos têm uma consistência em gel ou cremosa e contêm pequenas partículas (por exemplo, café, açúcar ou sal) que removem as células cutâneas. O esfoliante mecânico facial é também perfeito para esfoliar a pele do pescoço ou remover pele seca dos calcanhares e cotovelos.

Efeitos da esfoliação mecânica:

  • Alisa e suaviza a pele.
  • Limpa em profundidade e remove as impurezas.
  • Prepara a pele na perfeição para a aplicação de um produto autobronzeador.

texto completo ocultar texto

Tipo de pele adequado para a esfoliação mecânica

Ao escolher o esfoliante adequado para o seu tipo de pele, siga as indicações indicadas na embalagem. Os esfoliantes mecânicos são ótimos para pele mista, oleosa e madura, endurecida e com poros obstruídos. Pelo contrário, não são recomendados para quem tem pele seca. Se tem pele sensível, opte por um esfoliante mecânico muito suave com micropartículas. Se tem acne, tenha muito cuidado quando utilizar este tipo de esfoliação.

 

Como utilizar esfoliantes mecânicos faciais

Utilize um esfoliante mecânico uma ou duas vezes por semana. Aplique na pele molhada e massaje com movimentos circulares suaves. Concentre-se principalmente na zona T e nas zonas problemáticas, mas nunca exerça demasiada pressão. Evite a aplicação na pele sensível do contorno dos olhos.

Cuidados a ter com a pele após a esfoliação

A esfoliação facial remove a camada superior da pele que, como consequência, pode ficar mais sensível às agressões externas. Previna sensações desagradáveis e logo após a esfoliação, mime a pele com cuidados adequados:

  • Lave o rosto com água mais fria.
  • Hidrate a pele com um creme hidratante nutritivo.
  • Beba mais líquidos.
  • Proteja a pele dos raios solares! Aplique um protetor solar com FPS 30 ou maior.
  • Não faça sauna e evite a exposição da pele ao vapor.
  • Respeite o intervalo recomendado entre esfoliações.