Chanel Demaquillant Yeux

desmaquilhante de olhos duo

Chanel Demaquillant Yeux desmaquilhante de olhos duo
Chanel Demaquillant Yeux desmaquilhante de olhos duo
100 ml
29,50

Código: CHA0145 | Mais de 20 unid. em stock
un.
SEUR
sexta-feira 28/06/2019
UPS Correio Aéreo
amanhã quarta-feira 26/06/2019
Chanel Demaquillant Yeux
100 ml | 29,50

Descrição do produto Chanel Demaquillant Yeux

O produto para remover maquilhagem Chanel Demaquillant Yeux garante uma remoção perfeita e suave da maquilhagem, também nas áreas ao redor dos olhos.

Propriedades:

  • remove completamente todos os tipos de maquilhagem para os olhos
  • dissolve perfeitamente também a maquilhagem à prova de água
  • mantém a pele fresca
  • hidrata e suaviza a pele

Como usar:
Agite bem antes de usar. Aplique num algodão cosmético, coloque-a sobre os olhos fechados e deixe atuar durante uns instantes. Remova suavemente e sem esfregar a maquilhagem e outras impurezas.

Caraterísticas

Consistência
tónico
Tipo de pele
para todos os tipos de pele

Sobre a marca Chanel

A fundadora da marca Chanel, Gabrielle Bonheur Chanel, mais tarde apelidada de rainha da moda, nasceu em 1883 na cidade de Saumur, na França Ocidental. No entanto, conquistou o mundo da moda com o seu desenho de tailleur progressivo com calças e saia, quando já estava em Paris.

Coco Chanel começou como cantora em bares, onde surgiu o apelido Coco. Todavia, em 1912 abriu o seu primeiro salão de moda e tornou-se de imediato uma modista reconhecida. Na segundametade do século XX ditava as tendências da alta-costura e as peças da sua marca foram vestidas por personalidades como Jacqueline Kennedy ou Grace Kelly.

Não demorou muito para que G. B. Chanel expandisse o seu interesse para a área de cosméticos e perfumes. O primeiro perfume Chanel, lançado em 1921, foi o lendário Chanel N°5, que é, ainda hoje, uma das mais famosas e mais vendidas fragrâncias de sempre. No entanto, hoje em dia, há outros perfumes da marca, como Chanel Chance, Chanel Coco Mademoiselle, Chanel Allure Homme Sport ou Gabrielle Chanel, que podem ser considerados icónicos.